Carreira
01/05/2020
Exibir tudo

Telescópio

Do ateísmo a Cristo

Sy Garte (foto) é um prestigiado bioquímico norte-americano. Na infância, ele aprendeu que a ciência tinha explicações para as grandes questões da humanidade. Recentemente, Garte contou à revista Christianity Today o porquê deixou de ser um ateu convicto. Diante de questionamentos que a racionalidade científica nunca lhe respondeu (como a origem da vida), o pesquisador teve uma experiência inusitada há alguns anos, enquanto dirigia por uma estrada deserta. Ele se viu pregando a uma multidão sobre o amor de Jesus. Imediatamente, parou o carro e, naquele momento, sentiu que sua busca por respostas estava encerrada. As convicções ateístas desapareceram, e, hoje, ele usa a internet para pregar o Evangelho. (Élidi Miranda, com informações de Christianity Today)  


Testemunho de transformação

Em uma entrevista recente, o cantor canadense Justin Bieber (à esquerda na foto) declarou que seguia por um caminho de autodestruição até ser alcançado por Deus. De acordo com ele, a reconfiguração de sua vida aconteceu graças a amigos que vivem para Jesus. Bieber lançou um novo disco – Changes (Mudanças) – e disse que a fé o salvou da escuridão. Vivia envergonhado, em meio a todo tipo de coisa do meu passado, e não conseguia sair disso. Deus me amou antes mesmo de merecer Seu amor. É um dom gratuito, que vem de aceitar Jesus e entregar sua vida a Ele, testemunhou ao DJ e apresentador Zane Lowe. (Élidi Miranda, com informações de Christian Headlines)

Mudança radical

A norte-americana Crystal DiGregorio-Bassette é pastora e trabalha como assistente jurídica em Nova Iorque. Por alguns anos, porém, vivia em uma mansão em Malibu, famosa praia da Califórnia, tinha vários carros de luxo e ganhava o equivalente a 150 mil reais por mês. Na época, era uma das estrelas de um mercado tão rentável quanto perverso: o de filmes pornográficos. Depois de conhecer o Evangelho, Crystal abandonou a carreira, desfez-se dos bens e passou a se dedicar ao aconselhamento de compulsivos por pornografia. Meu foco é ajudá-los, declarouBassette, assinalando que partilhar a sua história deixa as pessoas mais abertas a falarem de suas lutas contra esse problema. (Élidi Miranda, com informações de CBN News)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *