Atualidade | Revista Graça/Show da Fé
Medicina e Saúde – 259
01/02/2021
Sociedade
01/04/2021

Atualidade

Foto: Arte sobre fotos de Chaloempong Balpal / 123RF

Recorde mundial

O consumo de música cristã cresceu 200% em todo o planeta ao longo de 2020

Por Patrícia Scott

O gospel não é um estilo musical ou ritmo específico, pois é capaz de abranger todos os gêneros: o que o diferencia da música secular é sua mensagem de fé, esperança e salvação em Cristo. Ao longo de 2020, em meio à pandemia, a procura por canções de cunho cristão bateu recordes jamais registrados. Segundo os dados do Google, a busca por termos ligados a letras que falam da fé cristã cresceu mais de 200% no mundo.

Além disso, nas plataformas de streaming, a procura pela música cristã aumentou, de acordo com os números fornecidos pela Deezer. Somente no Brasil, a playlist Top 50 Gospel, principal do gênero nesse aplicativo, cresceu 23% em reproduções e conquistou 11% mais ouvintes desde o início do ano passado. Na Spotify, a música gospel já apresentava uma subida considerável antes da crise na saúde global. Em 2019, o estilo havia elevado o número de ouvintes em 44%, percentual inferior apenas ao de música sertaneja. Registre-se ainda que o Brasil é o segundo maior consumidor de música cristã no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

O pastor e cantor Fernandes Lima: “É o Senhor quem nos faz ter esse progresso. Toda honra, adoração e todo louvor a Jesus” – Foto: Divulgação / Graça Music

Na maior plataforma de vídeos do planeta, o YouTube, o gospel teve, igualmente, destaque. Considerando números desde março de 2020, o campeão da Graça Music ali é o pastor e cantor Fernandes Lima com quase 2,5 milhões de visualizações, seguido pelo Missionário R. R. Soares, com mais 1,5 milhão. Na plataforma Spotify, o líder da gravadora é o Missionário, com 175 mil ouvintes mensais, seguido do cantor Eliezer de Tarsis, com 150 mil. Já na Deezer, o destaque é Eliezer de Tarsis, com 25 mil ouvintes mensais, seguido de Fernandes Lima, com 21 mil.

O cantor e compositor Eliezer de Tarsis comemora a rapidez e facilidade de acesso do streaming: “O digital quebra barreiras e encurta distância, fazendo os louvores chegarem a lugares que nem imaginamos”  – Foto: Divulgação / Graça Music

Surpreso com tamanha repercussão de suas músicas no YouTube e nas plataformas de streaming, o pastor e cantor Fernandes Lima credita todo o sucesso a Deus. “É o Senhor quem nos faz ter esse progresso. Toda honra, adoração e todo louvor a Jesus.” Hoje, com mais de 40 mil seguidores no Instagram, Lima lançou Não Desista, seu nono álbum pela
Graça Music, e as canções Fake news, Crente mi mi mi e Não desista conquistaram rapidamente o público por meio das rádios e das plataformas digitais. “Passei a ser assíduo nas redes sociais, o que também ajuda a impulsionar a busca por nossas músicas”, assegura ele, que comemora o fato de as canções abençoarem milhares de vidas com a Palavra. “Em meio a tantas crises, Deus tem aberto caminho para o Evangelho ser pregado a partir da música, alcançando um grande público nos quatro cantos da Terra.”

Muitos testemunhos – O cantor e compositor Eliezer de Tarsis agradece ao Altíssimo pela oportunidade de chegar a tantas vidas por meio de seu ministério. Ele pontua que as plataformas digitais, assim como as redes sociais, têm sido fundamentais para o Nome de Jesus ser propagado. “O acesso é fácil e rápido. O digital quebra barreiras e encurta distância, fazendo os louvores chegarem a lugares que nem imaginamos.” Suas canções Vivo Ele está e Deus pode tudo são a prova, uma vez que ganharam repercussão em todo o território nacional.

Nos últimos tempos, ressalta Eliezer, as pessoas estão em busca de mensagens de fé, o que as impulsiona a buscar canções com letras de esperança, segurança, alegria e paz. “As nossas músicas trazem respostas, e agradeço ao Senhor por fazer parte desse momento. Sinto-me feliz em compartilhar com as pessoas os louvores que Deus me entregou.”

A cantora Kelly Benigno tem percebido os reflexos da exposição de seus repertórios nas plataformas digitais e no YouTube. O single Minha adoração, que faz parte do projeto Home Session Graça Music, é sucesso no país inteiro. “Recebo vários relatos de testemunhos, o que me deixa feliz e agradecida ao Senhor.” Segundo Kelly, por meio da música cristã, a Palavra está se aproximando de um número cada vez maior de pessoas, e a tendência é que continue assim. “Nessa era on-line,é possível ouvir música em qualquer lugar, fazendo os acessos acontecerem ainda em maiores proporções. A variedade de ritmos e estilos possibilita às pessoas terem mais interesse pelo gospel”, avalia a cantora.

A cantora Kelly Benigno avalia que, por meio da música cristã, a Palavra está se aproximando de mais gente: “Nessa era on-line, é possível ouvir música em qualquer lugar” – Foto: Divulgação / Graça Music

Com mais de cem louvores incluídos em sua playlist, o jovem empresário Lucas Marinho Molina dos Santos, 23 anos, é eclético. “Ouço desde adoração a sertanejo universitário”, conta ele, que revela gostar das canções de Tiago Peres e Eliezer de Tarsis. Na visão de Lucas, o gospel edifica a vida do crente e proporciona intimidade com Deus. “Também tem poder de quebrar cadeias no mundo espiritual. O maior diferencial e o mais importante é que não são simplesmente músicas, é o Senhor falando a partir daquele som.”

O jovem empresário Lucas Marinho Molina dos Santos ao falar da influência e do alcance da música gospel: “Também tem poder de quebrar cadeias no mundo espiritual” – Foto: Arquivo pessoal

A jovem autônoma Jéssica Souza Ferreira, 23 anos, possui tantas canções em sua playlist que já até perdeu a conta. “Ouço bastante gospel tradicional, pop e internacional”, enfatiza ela, obreira da Igreja Internacional da Graça de Deus (IIGD) em Nova Lima, na capital sul-matogrossense, Campo Grande. Jéssica vem percebendo o crescimento de consumo da música cristã, principalmente entre os jovens. “O louvor move o nosso coração e nos leva para mais perto do Senhor”, explana a moça, assinalando que, em sua opinião, as profecias da Bíblia estão se cumprindo. “A música será uma das formas que o Senhor usará para expandir o Evangelho e Seu Reino na Terra.”

A autônoma Jéssica Souza Ferreira, obreira da Igreja da Graça em Nova Lima, na capital sul-matogrossense, Campo Grande, explana: “O louvor move o nosso coração e nos leva para mais perto do Senhor” – Foto: Arquivo pessoal

Fim do monopólio – Já o Pr. Matheus Lima, líder do ministério de louvor da sede estadual da Igreja da Graça no Rio de Janeiro, em Madureira (na zona norte carioca), considera que o crescimento do número de evangélicos no Brasil tem contribuído para o fortalecimento da mensagem cantada. “A questão não está na música gospel em si, mas na identificação que as pessoas experimentam por meio das canções. Para ele, a ascensão do consumo desse segmento musical acontece porque os louvores têm feito parte do dia a dia das famílias e as transformado. “Notamos ainda que muitos cantores seculares gravam músicas gospel, o que também impulsiona o interesse de muito mais gente pelo louvor”, analisa o pastor.

O Pr. Matheus Lima considera que o crescimento do número de evangélicos no Brasil tem contribuído para o fortalecimento da mensagem cantada – Foto: Arquivo Graça / Rodrigo Di Castro

O professor de Música Lorran Gama de Oliveira, 24 anos, considera o louvor um canal de resgate de vidas para Jesus de grande influência. “É um poderoso meio de evangelização. O digital facilita a divulgação, principalmente entre os mais jovens”, salienta Lorran, ministro de louvor da IIGD na Asa Norte, em Brasília (DF). Ele aprecia diversos estilos, tais como o pop, pop rock, black music e blues. “Gosto de ouvir de tudo um pouco”, revela Oliveira, destacando que as mídias sociais vêm colaborando de maneira decisiva para impulsionar e renovar o mercado de música gospel. “Estamos na Era da Internet, e as plataformas digitais têm sido bastante utilizadas também para o lançamento de novos nomes nesse segmento.”

O professor de Música Lorran Gama de Oliveira diz que o louvor “é um poderoso meio de evangelização” e que “o digital facilita a divulgação, principalmente entre os mais jovens” – Foto: Arquivo pessoal

O compositor e produtor musical Carlinhos GerD concorda com Lorran de Oliveira. “A partir do Facebook,
Instagram, YouTube e WhatsApp, o monopólio das mídias tradicionais acabou”, resume ele, assinalando que o consumo de música cristã tende a crescer sempre por causa dos avanços tecnológicos das mídias eletrônicas. Contudo, o produtor frisa que somente aqueles profissionais com as melhores estratégias obterão seus objetivos. “A velocidade da informação é absurda, entretanto é preciso ter cuidado. Há muita canção boa, e há coisas ruins. Há muita mensagem musical estranha, sem foco.”

Carlinhos GerD salienta que, mesmo com todo o crescimento mercadológico experimentado pela música cristã, é necessário atentar para o mais importante: apregoar a essência da mensagem de Cristo. “O Evangelho é simples. Jesus é o Salvador. Devemos anunciar essa verdade a partir das nossas canções, para o segmento ser espalhado de maneira sadia.” 

Cantai ao Senhor

O cristão é impulsionado pela Palavra de Deus a louvar, a adorar ao Senhor. Dessa forma, reconhece a grandeza, o poder e a autoridade do Pai, e demonstra ter um coração agradecido que atrai a presença do Altíssimo. Leia abaixo o que dizem algumas passagem da Bíblia a esse respeito:

Então, cantou Moisés e os filhos de Israel este cântico ao SENHOR; e falaram, dizendo: Cantarei ao SENHOR, porque sumamente se exaltou; lançou no mar o cavalo e o seu cavaleiro (Êx 15.1).

Então, Miriã, a profetisa, a irmã de Arão, tomou o tamboril na sua mão, e todas as mulheres saíram atrás dela com tamboris e com danças. E Miriã lhes respondia: Cantai ao SENHOR, porque sumamente se exaltou e lançou no mar o cavalo com o seu cavaleiro (Êx 15.20,21).

Ele é o teu louvor e o teu Deus, que te fez estas grandes e terríveis coisas que os teus olhos têm visto (Dt 10.21).

E sucedia que, quando o espírito mau, da parte de Deus, vinha sobre Saul, Davi tomava a harpa e a tocava com a sua mão; então, Saul sentia alívio e se achava melhor, e o espírito mau se retirava dele (1 Sm 16.23).

Porém tu és Santo, o que habitas entre os louvores de Israel (Sl 22.3).

Louvai ao SENHOR com harpa, cantai a ele com saltério de dez cordas. Cantai-lhe um cântico novo; tocai bem e com júbilo (Sl 33.2,3).

Louvai ao SENHOR! Louvai a Deus no seu santuário; louvai-o no firmamento do seu poder. Louvai-o pelos seus atos poderosos; louvai-o conforme a excelência da sua grandeza. Louvai-o com o som de trombeta; louvai-o com o saltério e a harpa. Louvai-o com o adufe e a flauta; louvai-o com instrumento de cordas e com flautas. Louvai-o com os címbalos sonoros; louvai-o com címbalos altissonantes. Tudo quanto tem fôlego louve ao SENHOR. Louvai ao SENHOR! (Sl 150.1-6).

Portanto, ofereçamos sempre, por ele, a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome (Hb 13.15).

(Fonte: Bíblia Sagrada)


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *