Na prateleira | Revista Graça/Show da Fé
Medicina e Saúde – 250
01/05/2020
Missões – 252
01/07/2020

Na prateleira – 251

Grandes desafios

Em fevereiro de 1948, o pastor romeno Richard Wurmbrand (1909-2001) e sua esposa, Sabina, foram presos pela polícia secreta de sua pátria. Ela permaneceria em cárcere por três anos; ele ficaria, ao todo, 14 anos atrás das grades. Que acusação havia contra o casal? Crer em Deus e dar testemunho de Jesus. Como acontece nos regimes totalitários de inspiração comunista, ministrar o Evangelho é considerado ilegal e passível de severas punições. Essa é a trama central de Torturado por Cristo, lançado em DVD pela Graça Filmes. A película é inspirada no livro autobiográfico de Wurmbrand, o clássico Torturados por amor a Cristo (MAIS Publicações), que se tornou um bestseller da literatura cristã, tendo sido traduzido para mais de 50 idiomas.

Richard foi uma das vozes mais importantes do século 20 a denunciar a perseguição aos cristãos por trás da chamada Cortina de Ferro. Tal expressão foi usada para designar a divisão da Europa em duas partes (Oriental e Ocidental) como áreas de influência político-econômica distintas, no período posterior à Segunda Guerra Mundial conhecido como Guerra Fria.

No início da década de 1940, o Partido Comunista da Romênia tinha conquistado grande representatividade. E, em 1944, quando um milhão de soldados russos invadiram o país, o Rei Miguel I entregou-lhes o poder. Wurmbrand desafiou o ateísmo imposto pela filosofia comunista e liderou igrejas subterrâneas romenas. Preso em 1948 e submetido a intermináveis sessões de tortura, foi solto somente em 1954. Insistiu em pregar e, por isso, voltou à cadeia, sendo libertado somente em 1962.

Com o apoio de igrejas europeias, deixou a Romênia e passou a viajar pelo mundo, denunciando as atrocidades cometidas contra os que confessam Cristo como Salvador em nações socialistas. Em abril de 1967, fundou o ministério Jesus Para o Mundo Comunista, que, mais tarde, receberia o nome de Missão A Voz dos Mártires (VOM, a sigla em inglês), hoje presente em diversos países, tendo por objetivo apoiar os cristãos perseguidos. Tempos depois, o líder publicou a primeira edição de sua autobiografia e o primeiro número da revista A Voz Dos Mártires, ainda em circulação.

O filme, dirigido por John Grooters, conta essa história de fé, mostrando, com realismo, as agruras enfrentadas por esse servo de Deus que, mesmo em meio ao sofrimento, permaneceu firme com o Senhor. Com 1h17 de duração, a produção apresenta no elenco os atores romenos Emil Mandanac, que interpreta o pastor, e Raluca Botez, a qual vive sua mulher, Sabina. Filmado na Romênia, a obra se vale de várias imagens da época, criando uma atmosfera de documentário. Entre as locações, está a prisão onde Wurmbrand esteve confinado. (Evandro Teixeira e Élidi Miranda)


Torturado por Cristo
John Grooters
Graça Filmes


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *