Telescópio | Revista Graça/Show da Fé
Capa | Igreja
01/11/2021
Medicina e Saúde – 268
01/11/2021
Foto: Reprodução / Penn Free Methodist Church

Pregações censuradas

Um pastor britânico foi cercado por 14 policiais, quando pregava em uma rua de Uxbridge, cidade da região metropolitana de Londres, no Reino Unido. Sem saber o que estava acontecendo, Peter Simpson (foto), que lidera uma igreja metodista, foi informado pelos agentes, em tom intimidatório, que haviam recebido diversas denúncias de que ele estaria proferindo discurso de ódio. O pregador acredita que as queixas tenham sido baseadas em suas falas a respeito do casamento que, segundo a Bíblia, deve acontecer apenas entre um homem e uma mulher. Nesse caso, não houve prisão. Entretanto, pelo menos, dois pregadores de rua já foram presos este ano na Inglaterra por abordar tópicos semelhantes: o primeiro foi o Pr. John Sherwood, também em Uxbridge, em abril; o segundo, o missionário Ryan Schiavo, em Londres, no mês de julho. (Élidi Miranda, com informações de Christian Today)


Foto: Reprodução

Apascentando ovelhas

O ator norte-americano Denzel Washington (foto) participou recentemente de uma conferência cristã intitulada O Homem Melhor. O evento foi realizado na Primeira Igreja Batista de Orlando, no estado norte-americano da Flórida. Diante do público, o ator declarou o que o Espírito Santo tem falado claramente ao seu coração. A cada oração que faço, tudo o que escuto é: Apascenta as minhas ovelhas. É o que Deus quer que eu faça, informouele, o qual disse perguntar ao Senhor constantemente o que significa tal ordenança. O que descobri, nos últimos anos, é que existem vários tipos de ovelhas. Por isso, converso com diversos pastores experientes em busca de orientação. Denzel Washington também compartilhou o que acredita ser a receita do sucesso: Permaneça de joelhos. (Élidi Miranda, com informações de CBN News)


Foto: Divulgação / Barcelona

Fé, em primeiro lugar

O início da temporada de 2021 do futebol europeu foi bastante favorável ao atacante holandês Memphis Depay (foto), do Barcelona, da Espanha. Em apenas três partidas, o jogador já havia marcado dois gols e dado assistência para um terceiro. Contudo, o atleta tem chamado a atenção não somente pelo desempenho em campo, mas também por falar abertamente sobre sua fé em Cristo. Sempre conto com Deus. Ele tem feito milagres em minha vida, escreveu em sua conta no Twitter, logo após o clube catalão ter derrotado o Getafe, em jogo do campeonato da liga espanhola, em agosto. A fé me dá paz interior, posso descansar em Deus, em minhas orações. É como vivo minha vida, declarou em uma entrevista recente. (Élidi Miranda, com informações de Evangelical Focus)


Foto: Divulgação / Crichton Foundation

Visão bíblica

Atualmente, nos Estados Unidos, país de 333,4 milhões de habitantes, existem cerca de 176 milhões de pessoas que se identificam como cristãs. No entanto, de acordo com um levantamento recente da Universidade Cristã do Arizona, apenas 6% dos estadunidenses que se identificam como cristãos sustentam uma visão bíblica. De acordo com os pesquisadores, esse percentual corresponde ao pequeno grupo que demonstra opiniões, crenças, preferências e comportamentos que realmente têm base nas Escrituras.

A pesquisa foi realizada em fevereiro, junto a 2 mil adultos, e deixou clara o que pensa – equivocadamente – a maioria dos cristãos nos EUA: 62% informaram acreditar que o Espírito Santo não é real; 61% creem que todas as religiões têm igual valor e 60% dizem que boas obras levam ao Céu. (Élidi Miranda, com informações de The Christian Post)


Foto: Reprodução

Pelos não nascidos

Heidi Crowter (foto) é uma britânica de 26 anos que nasceu com síndrome de Down e se transformou no principal expoente da Inglaterra na luta contra o aborto de bebês com essa condição genética. Ela foi à Suprema Corte do Reino Unido contra o Ato 1967, do Departamento de Saúde e Cuidado Social, o qual permite abortos tardios (até o 9º mês de gestação), quando a criança tem a síndrome de Down ou outras alterações genéticas. Crowter alegou que a prática é discriminatória e atenta contra os direitos humanos. Entretanto, os magistrados entenderam que o Ato 1967 tem pleno fundamento jurídico e que seu objetivo é estabelecer o equilíbrio entre os direitos das mulheres e dos não nascidos. A jovem declarou que pretende continuar sua luta, cujo mote é: Não nos exclua. (Élidi Miranda, com informações de Faithwire)


Questão de prioridade

A prioridade número um para 26% dos brasileiros, após a pandemia, é voltar a frequentar cultos (foto). Foi o que mostrou uma pesquisa realizada pela empresa de consultoria de mercado Bateiah. A empresa fez 1.455 entrevistas, por telefone, de 8 a 27 de julho, e revelou que frequentar a igreja é prioritário especialmente entre os mais velhos: 34,5% do grupo de 40 a 49 anos e 33,1% entre os que têm 50 anos ou mais. Entre a população com idade inferior a 30 anos, o principal planejamento é ir ao teatro ou a shows: 14,6% informaram ser essa a sua prioridade. (Élidi Miranda, com informações de Correio Braziliense)


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *